CEPTRO.br

Ir para o conteúdo

Zappiens.br - multimídia para o conhecimento.

O Zappiens.br (www.zappiens.br) é o portal de vídeos da “geração zappiens”, que traz conteúdos de qualidade e em língua portuguesa, para a Internet.

Clique na imagem para acessar o sítio http://zappiens.br, ou continue lendo, para entender um pouco mais do projeto:

zappiens-screenshot.png

O portal pode hospedar acervos de instituições conveniadas, como faz com os vídeos do próprio CGI.br, NIC.br e do Arquivo Nacional, que já divulga lá, de forma inédita na Internet, o acervo dos Cine-Jornais brasileiros, de incalculável valor histórico. O Zappiens pode também agregar conteúdos de sítios conveniados, como faz com os vídeos educativos da USP (http://iptv.usp.br) e RNP (http://video.rnp.br), e com os vídeos de alta definição do Zappiens.pt (http://www.zappiens.pt), que é um projeto-irmão da FCCN de Portugal.

O nome "Zappiens" e o logotipo foram gentilmente cedidos para uso neste serviço pela FCCN.

zappiens-pt.png

Logo do IPv6

O desenvolvimento do sítio Web é coordenado pelo CEPTRO, e executado pelo LARC/USP, com apoio também da RNP, para a qual o software foi criado originalmente, e da FCCN.

O sistema é resultado do esforço da Comissão de Trabalho de Conteúdos do CGI.br.

Exemplo de vídeo embedded:

Get Adobe Flash player

Sobre a plataforma

A quantidade de conteúdo multimídia na Internet tem crescido vertiginosamente ao longo dos últimos anos, demandando banda e capacidade de armazenamento cada vez maiores. Neste contexto, um dos principais desafios é manter o acesso a esse material, de forma que o mesmo possa ser utilizado e reutilizado por um grande número de usuários.

Para a disponibilização desses conteúdos, haverá inexoravelmente o envolvimento dos processos de armazenamento, organização, busca e distribuição destas mídias.

A plataforma, inicialmente desenvolvida para a RNP, vai ao encontro das necessidades Comissão de Trabalho sobre Conteúdos em Língua Portuguesa e do Projeto Conteúdos Digitais em Língua Portuguesa. O projeto se propõe, entre outros objetivos, a resgatar, recuperar, organizar e criar um acervo de vídeo digital de conteúdos específicos da língua portuguesa, de forma a preservá-lo e, além disso, disponibilizá-lo gratuita e amplamente à comunidade.

A plataforma possibilita:

Para que a busca por dados e conteúdos possa ser mais efetiva, atualmente é possível contar com tecnologias que permitem implantar serviços federados, isto é, serviços formados por sistemas de diferentes organizações que operam de forma colaborativa. Desta forma, a busca não precisa necessariamente ficar restrita ao domínio de um determinado serviço, mas pode estender-se por serviços de domínios parceiros.

Para divulgar mais amplamente os acervos multimídia existentes, assim como os novos acervos a serem criados, foi sugerida a implementação de um protocolo padrão que permita a troca de metadados entre estes sistemas. Dessa forma, cada um dos portais de serviço possui referências cruzadas aos conteúdos cadastrados, operando como um serviço federado de distribuição de vídeo.

O sistema inicial proposto permite a operação colaborativa destes portais e baseia-se no padrão OAI–PMH (Open Archives Initiative Protocol for Metadata Harvesting), criado por uma organização (http://www.openarchives.org/) dedicada a desenvolver e promover a interoperabilidade entre padrões, com o objetivo de facilitar a disseminação de conteúdos digitais de forma eficiente.

Esse protocolo especifica uma arquitetura para a interoperabilidade entre aplicações independentes, baseado no processo de coleta e compatibilização de metadados disponíveis pelas aplicações proprietárias. Ao utilizar essa arquitetura, provedores de conteúdo exibem seus metadados, enquanto o zappiens.br solicita os serviços aos provedores de conteúdo de dados.

Como existem diversos padrões de metadados para diferentes finalidades (Dublin Core, LOM, MODS, MPEG-7, MPEG-21, METS etc.), com diferentes graus de complexidade, o OAI-PMH considera que a compatibilização deve ser feita através do mais simples deles, ou seja, utilizando-se o Dublin Core.

Sendo assim, um item multimídia pode estar indexado por qualquer destes padrões, mas o importante é que os metadados utilizados para caracterizar um item possam ser mapeados no padrão Dublin Core, que serão identificados e relacionados pelo identificador OAI-PMH. O campo Publisher, previsto no Dublin Core, será utilizado para armazenar dados a respeito de qual base de dados externa é a origem do vídeo em questão.

Adesão

Novas instituições poderão solicitar adesão ao projeto a qualquer momento. Para essa finalidade, foi criado um formulário de adesão (adesão.txt) que deverá ser enviado ao e-mail do projeto (zappiens@nic.br).

FORMULARIO DE ADESAO AO ZAPPIENS.BR :

Este termo de solicitação de adesão ao projeto, devera ser preenchido e encaminhado por correio eletrônico, pelo responsável administrativo em formato texto, no corpo da mensagem para zappiens@nic.br com o subject: Termo de solicitação de adesao

Acesse o termo de adesão (TXT)

Os pedidos serão analisados por uma Comissão Técnica de Análise – CTA que apreciará a qualidade e relevância do acervo, recomendando aceitação ou rejeição.

Caso o pedido seja aceito, o NIC.br assinará um termo de compromisso entre as partes (termo de compromisso.pdf) e fornecerá ao participante um identificador (ID) e senha de acesso para gerenciamento do seu conteúdo.

Download do Modelo do Termo de compromisso e licença de uso (PDF - 67 KB)

Contato

Caso tenha alguma dúvida ou comentário em relação ao serviço Zappiens.br, mande um e-mail para um dos contatos listados abaixo. Qualquer sugestão sobre mudanças, novas funcionalidades ou melhorias é bem vinda.